Arquivo da tag treinamento de animais

Condicionamento Animal, Você usa essa Expressão Sabiamente? / Animal Conditioning, do you use this expression wisely?

O termo “condicionamento animal” está sendo cada dia mais usado. Pessoas das mais variadas profissões que lidam com animais usam a expressão. O público leigo também aproveita a moda e fala sobre seus animais serem condicionados.

E apesar de muitos encherem o peito para dizer que seus “Animais são Condicionados”, o termo é normalmente usado de forma errada! E você usa da maneira correta? Tudo no mundo pode ser condicionado. A partir da definição: vtd 1 Pôr condições a, tornar dependente de condição. 2Pôr em condição apropriada ou desejada. (michaelis dicionário). Ar condicionado a ser gelado, cabelo condicionado para ficar no lugar…

 Logo, um animal que não é treinado pode ser ou estar condicionado à alguma nova situação. A expressão mais fácil e correta seria: “esse animal é treinado” ou “meu animal é treinado” para expressar um processo em que o animal foi ensinado fazer algo.  (veja aqui o que é treinar um animal).

Condicionamento Animal, Você usa essa Expressão Sabiamente? / Animal Conditioning, do you use this expression wisely?

Condicionamento Animal, Você usa essa Expressão Sabiamente? / Animal Conditioning, do you use this expression wisely?

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Everyday people uses more and more the expression “this animal is conditionated”. But according to the word´s deffinition, anything can be conditioned, even air (airco).

 There are different conditioning types, if you are an expert  in animal behavior you probably can use it propperly. If you are jut a curious person, using “animal training” it´s just much easier to make it right.

People speak out loud to talk about how their “animals are conditioned”! But do you use it propperly? Watch the video and figure it out.

 

Começamos Treinando o Target com a Arara Rui somente Encostando o Bico Veja só até onde ele chegou / Target training help animals communicate with humans, click here to see how it is possible

Quando eu comecei a treinar mamíferos marinhos e aprender mais sobre comportamento animal havia um comportamento que cada leão-marinho que conheci sabia fazer: encostar o focinho no Target. Esse comportamento é exatamente isso, você faz um objeto ser como um alvo e reforça os animais quando o tocam com o focinho. Existem infinitas possibilidades quando esse comportamento é bem sedimentado: você pode usá-lo para moldar outros comportamentos, você pode pedir para que os animais fiquem lá parados o tanto quanto você precisar e sabe que estão concentrados em executar uma tarefa , você pode pedir para ele ir a algum lugar longe de você e realizar outros comportamentos dando sinais a longa distância apenas colocando o target no destino em que você deseja que o animal esteja… e como eu disse antes , as possibilidades são infinitas .

target training with a macaw / treinando target com uma arara

target training with a macaw / treinando target com uma arara

Eu parei de trabalhar com leões marinhos por um tempo  quando me mudei para Portugal e comecei treinar camelos, lhamas, pôneis, aves e cangurus … Naquele tempo a literatura e a informação na internet sobre o treinamento de todas as espécies de animais era muito pobre. Mesmo assim  comecei pesquisar tudo eu poderia encontrar e tive minha boa amiga, uma experiente treinadora de mamíferos marinhos, a  Rosana falando comigo e me instruindo todos os dias através do messenger (sim, o msn ainda era a melhor coisa para conectar as pessoas ).

Eu fiz um plano de ataque com os meus colegas de trabalho e decidimos que poderíamos treinar todos os animais que tínhamos lá. O primeiro comportamento a ser treinado seria tocar o alvo com seus narizes, como golfinhos e leões marinhos faziam. Resumindo bem, em três meses, nossa equipe de animais e tratadores foram tão bem sucedidos que podíamos trabalhar mais rápido, porque nossos animais estavam nos ajudando em nossa rotina diária, podíamos coletar amostras biológicas para exames e tivemos , pela primeira vez naquele jardim zoológico, apresentações didáticas com os nossos enormes camelos e pôneis. Tudo começou com metas, o reforço positivo , uma equipe bem intencionado e um monte de trabalho duro.

Eu aprendi muito com esses animais, colegas de trabalho e minha amiga Rosana , mas a lição que eu tenha sempre em mente é: ” o treino do target pode salvar o dia .” Após algum tempo treinando animais percebi que o treino de target é uma ótima abordagem para me apresentar para os animais e todos eles aprendiam a tocar minha mão com o focinho ou com o bico.

O Rui aprendeu isso tão bem que até treinadores experientes ficam espantados com a sua capacidade de generalizar os sinais dos comportamentos que faz quando usamos targets para nos comunicarmos. Neste vídeo abaixo, você pode vê-lo fazendo isso por 60 segundos, enquanto Nicolau está treinando suas habilidades de vôo livre. O bem-estar animal é garantido quando ensinamos nossos animais a focarem sua atenção e não se assustarem, não importa o que aconteça em volta.




ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

When I first started training marine mammals and learning more about animal behavior there was a simple thing every sea lion I met knew how to do: Target training. It is exactly what the word says; you make an object as a target and reinforce the animals for touching it. There are infinites possibilities when this behavior is well sedimented: you can use it for shape other behaviors, you can ask for the animal stay there as much as you need it to be focused, you can ask it to go somewhere away from you and perform other behaviors in a long distance just placing the target where you want the animal to be, and as I said before, the possibilities are infinite.

target training with a macaw / treinando target com uma arara

target training with a macaw / treinando target com uma arara

It happens I stoped working with sea lions for a while when I moved to Portugal and started training camels, lamas, ponies, birds and wallabies… by that time internet and literature was very poor about training all species of animals, but I started researching everything I could find and I had my good friend and experienced marine mammal trainer Rosana talking to me every day through messenger (yes, msn was still the best thing to connect people).

I made a working plan with my colleagues at work and we decided we could train every animal we had there. The first behavior to be trained was touching the target with their noses, as dolphins and sea lions do. Making a long history short, in three months our team of animals and keepers were so successful that we could work faster because our animals were helping us in our daily routine, we could take biological samples for examinations and we had, for the first time in that zoo, didactic presentations with our huge camels and ponies.  It all started with targets, positive reinforcement, a well intentioned team and a lot of hard work.

I learned so much with those animals, co-workers and my friend Rosana, but the one lesson I always keep in mind is: “Target training can save the day”. After a while training some animals I realized target is an incredibly good approach and every animal I would train they would learn how to touch my hand.

Rui learned that so well that even experienced trainers are amazed with his capability to generalize his cues when we use targets to communicate. In this video below you can watch him doing it for 60 seconds while Nicolau is training his free flying skills. Animal welfare is all about teaching our animals how to focus and be calm no matter what happens around.




  • RSS
  • Newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube