Arquivo da tag curiosidades

Liderança e Convivência com Animais / Leadership and Animals

Toda sociedade, animal ou humana, tem como uma das bases de sua estrutura o paradigma da liderança. Tema atual entre presidentes de grandes empresas, aspirantes aos grandes cargos, sites e também nas revistas semanais.

Aparentemente esse assunto, a liderança, veio mudar a forma do ser humano ver o mundo e sua atuação sobre ele.

Imagino que a maioria das pessoas que está lendo isso em um site direcionado ao “bom convívio entre humanos e animais” deva estar se perguntando: “O que liderança tem a ver com bicho?”.

A resposta temo ser tão simples que pareça loucura. Mesmo assim vou expressar minha opinião.

Todos os animais que vivem em grupos, sociedades, bandos ou família exercitam diariamente a liderança e a submissão. Algumas espécies a liderança é dada por fatores genético-hormonais, como é o caso das formigas, abelhas e alguns roedores e primatas. Existem as espécies de animais que conquistam a liderança por comportamentos agressivos entre brigas que chegam a levar o oponente à morte, como podemos conferir entre algumas espécies de focas. Outras espécies conquistam isso com o conhecimento, atenção pelo subalterno e provendo segurança, como é o caso dos seres humanos (ou deveria ser).

Notei em minhas observações dos grandes líderes animais que existem alguns comportamentos que se repetem na maioria das que eu tive oportunidade de conviver. Os líderes são em via de regra, os maiores e os mais dotados de força física. Usam um tanto quanto de comportamentos agressivos para definir a liderança. Mas após o cargo ser conquistado eles são justos, cuidam dos seus companheiros menos dotados de força física, alguns brincam com os filhotes do bando, ensinando-os serem futuros bons líderes ou bons subalternos, exímios caçadores, provedores de segurança (seja como sentinela ou soldado).

Então eu penso como algumas vezes somos péssimos líderes para nossos animais. Quando deixamos eles fazerem o que quiserem dentro de casa por exemplo. A vida é feita de limites. Animais ou crianças que crescem sem limites desenvolvem comportamentos desagradáveis e inaceitáveis. Hudge Heidger, primeira pessoa a estudar a fundo psicologia animal dizia: “nenhum animal é livre, todos são limitados pelo meio ambiente em que vivem, pelo tempo que passa, pela comida disponível”; a liberdade utópica que pensamos e tentamos prover aos animais dentro de nossas casas acaba trazendo mais problemas do que felicidade para eles.

Deixamos a liderança de lado por alguns momentos, deixando que nossos cães se apossem de nossas camas, ou que andem nos guiando pelas ruas e quando voltamos para casa exigimos que eles nos respeitem fazendo o “xixi” no lugar certo ou não latindo para a visita, ou nos piores casos, mordendo os próprios proprietários.
Aprendamos com os grandes líderes animais! Eles nos dizem com seus atos: “Autoridade é conquistada diariamente com ações suaves, violência somente em último caso”. Usemos nossos cérebros mais desenvolvidos e adaptemos isso da seguinte forma: “Quando a autoridade é exercitada diariamente sobre nossos animais a violência é DESNECESSÁRIA.”

Como exercitar sua autoridade com seus animais e tê-los como melhores amigos para o resto da vida?

Lembre-se de que o Bem-Estar Animal tem que ser garantido desde que a ave sai do ovo e “educação vem do berço”. Treinar a ave ou adestrar qualquer animal que convive com a família humana faz parte de um processo para que haja a harmonia no Lar. Não sabe como fazer? Entre em CONTATO conosco pelo site ou REDES SOCIAIS, se achar complicado pegue o telefone e LIGUE PARA NÓS.

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Every social group, animal or human, has in its foundations the paradigm structured in leadership. Current theme among CEOs of large companies, aspiring to major offices, sites and also in weekly magazines.

Apparently this issue, leadership, came to change the way we see the world and how we are supposed to act.

I imagine that most people who are reading this on a site aimed at the “good interaction between humans and animals” should be asking: “What leadership has to do with animals?”.

I fear the answer is simpler than it seems.

Every animal living in groups, societies, flocks or family, they exercise leadership and submission daily. In some species, such as ants, bees, some rodents and som species of primates leadership is given by genetic hormonal factors, . There are other species of animals that leadership fights is an aggressive behavior and sometimes takes the opponent to death, as we can see among some species of seals. Other species conquer it with knowledge, attention and providing security for its subalterns, as is the case of humans (or should be).

In my observations, I noticed animals best leaders show some behaviors that repeat itself mostly in all of them . The leaders are usually the largest and the most powerful. Using somewhat aggressive behaviors to define leadership. But after they are in charge, they take care of weakers in group, some play with the puppies in the flock, teaching them to be good leaders or good subalterns, teach babies how to be excellent hunters, they count on their liderated fellows to provid security (either as a sentinel or soldier) in the group.

So I think sometimes we are terrible leaders for our animals. When we let them do whatever they want in the house for example. Life is made of limits. Pets or children who grow up without boundaries develop unpleasant and unacceptable behaviors. Heidger Hudge, first person to study animal psychology wrote: “no animal is free, all of them are limited by the environment they live in, by the time that passes by and the food available for them”; utopian freedom we think and try to provide to the animals inside our homes end up bringing more trouble than happiness for them. Lacking limitations is not natural.

We left the leadership aside for a moment, letting our dogs apossem our beds, or guiding us to walk on the streets and when we go back home we demand they respect “peeing” in the right place or not barking for visit , or in the worst cases, not biting the owners themselves.

May we learn from the Great animal leaders! They tell us with his deeds: “Authority is earned daily with soft actions, violence is used only as a last need.” Let’s use our more developed and THINK: “When authority is exercised daily on our animals, violence is UNNECESSARY.”

How to exercise your authority with your pets and have them as best friends for the rest of your life?

You don´t know how to do that? CONTACT us online, try to find us on SOCIAL NETWORKS and if you think everything is difficult, just grab the TELEPHONE and give us a call.

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Você Grita Para ser Ouvido? / Do You Scream To Be Heard?

Seu animal ouve muito melhor que você. Gritar para ser ouvido não é eficiente. Gritaria e barulheira na natureza, a maioria das vezes, significa agressão. Um olhar ou um gesto comunica muito mais para o seu animal e não abala as estruturas do relacionamento de amizade que você pode ter.

O Bem-estar animal deve ser nossa primeira preocupação quando temos um bichinho de estimação sob nossos cuidados. Deixá-los com medo para conseguirmos o que queremos dele não é um meio saudável para nem um dos dois lados.

Preze pela amizade entre a família humana e seu companheiro animal. Fale baixo e seja eficiente na comunicação.

Dúvidas como ter um animal mais tranquilo dentro de casa? Entre em CONTATO POR TELEFONE ou ACHE-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS ONLINE

Está com preguiça ou tem dificuldade em ler? VEJA NOSSO VÍDEO COM ESSAS INFORMAÇÕES.

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Your animal can hear much better than you or me. Scream to be heard is not an effective way to be understood. Noisy events in nature, most of the times, mean agression displays. Looks and gestures mean much more to your animals than shouting at them and keep your good relations.

The animal welfare must be our first concernment when keeping a pet. Making it affraid of us to get what we want is not healty neither for the human family nor to the animal. Speak low and be effective in your message.

If you don´t know how to do that CONTACT US ONLINE, Book a class and let us show you how we do it here.

ENGLISH VIDEO FOR ENGLISH FRIENDS

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Bombas, São João, Cães e Gatos Assustados

O que fazer para garantir o bem-estar animal do seu bichinho de estimação nessa época de Bombas? Como diminuir a ansiedade e o medo?

Preste atenção na dica no nosso vídeo e caso não melhore, entre em CONTATO conosco para uma aula virtual.

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Ensinar uma AVE usar o Banheiro

O BEM-ESTAR ANIMAL também é garantido quando podemos oferecer todas as possibilidades dele exercitar sua mente aprendendo comportamentos novos.
Papagaios, calopsitas e outras aves podem aprender usar um lugar específico como “banheiro”.

Descubra como! Entre em contato conosco!

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Para que Servem as Penas?

Inauguramos hoje a possibilidade de fazermos vídeos para as crianças. Educação sempre. Contamos com esses jovens para salvar o mundo e os animais. Aproxime seu filho da BEAnimal.

As penas de calopsitas, periquitos australianos e araras entre outras aves serve para muitas coisas, uma delas é para isso aí que o Miguel e o Antônio, sobrinhos da Dani Prates descobriram no vídeo.

Fotos, vídeo e edição: Yuri Domeniconi
Crianças: Miguel Prates e Antonio Prates
Trilha sonora: “O Ladrão de Bicicletas” André Poyart

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Como Saber Se o Papagaio é Macho Ou Fêmea? /// How do I Find Out If My Parrot is a Male or a Female?

O dimorfismo sexual (diferenças entre machos e fêmeas) de algumas espécies de animais é muito difícil de ser visto a olho nu. Algumas aves e alguns répteis são mestres em confundir os melhores especialistas no assunto. Agora você tem um papagaio, arara, calopsita em casa e quer saber se é macho ou fêmea! Não sabe para onde correr? Isso pode acontecer com os melhores especialistas no assunto! Não se preocupe, vou tentar ajudar você da melhor maneira possível como fiz em um zoológico que trabalhei. (Como Saber Se o Papagaio é Macho Ou Fêmea? /// How do I Find Out If My Parrot is a Male or a Female?)

Nesse zoológico eles acreditavam que um casal de araras estavam com problemas para se reproduzirem e não descobriam a razão. Consegui ajudá-los depois de fazer os exames nos dois animais e descobrir que eram duas fêmeas. Sim, é muito comum papagaios, araras e outras espécies de animais fazerem casais homossexuais. Um indivíduo assume os comportamentos de macho cuidando do ninho, buscando comida e zelando pelo outro parceiro enquanto o outro assume o papel de fêmea chocando os ovos, ficando mais no ninho e se dedicando “à casa”.

Alguns criadores de pássaros deveriam saber o sexo do animal mesmo ao sair do ovo, dessa forma poderiam direcionar o treinamento de canto deles da melhor forma desde cedo.

Como Saber Se o Papagaio é Macho Ou Fêmea  How do I Find Out If My Parrot is a Male or a Female

papagaio ecletus é diferente, a fêmea é vermelha e o macho é verde. A única espécie de papagaios que conseguimos saber sem ter que mandar exames para o laboratório

Os proprietários de araras, papagaios, calopsitas e da maioria dos psitacídeos também deveriam se esmerar em saber o sexo do seu animal antes de colocar o nome. Isso evitaria uma fêmea chamada de João e o proprietário poderia ficar mais atento às variações hormonais, postura, problemas com ovos presos, descalcificação e outros problemas que as fêmeas tem e os machos não!

Existem algumas receitas caseiras para saber se o animal é macho ou fêmea. Infelizmente a maioria falha. A forma mais eficiente de saber isso é simples. AMOSTRA BIOLÓGICA. A partir de uma pena recem tirada, uma gota de sangue ou qualquer amostra de DNA coletado do animal, hoje é possível fazer a identificação do sexo. Esse processo chama SEXAGEM e é feito nos melhores laboratórios do Brasil. Nós da BEAnimal só trabalhamos com o Laboratório de análises clínicas Laboratório Photochart

Veterinários que queiram trabalhar conosco ou com o Laboratório Photochart, entrem em CONTATO

O Bem-estar do seu animal está nos pequenos detalhes, #FiqueAtento

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Sexual dimorphism (differences between males and females) of some animal species is very difficult to figure out. Some birds and some reptiles are masters at confusing the best experts. Now you have a parrot, macaw, cockatiel at home and wonder if it’s male or female! Do not know where to run and find an answer? It can happen to the best experts in the field! Do not worry, I will try to help you  as I did in a zoo I worked.

In this zoo they believed a pair of macaws were in trouble for reproduction and they couldn´t figure out the reason. I managed to help them after doing the tests on both animals and discovering they were two females. Yes, it is very common parrots, macaws and other species of animals living in a homossexual couple. An individual assumes the male behaviors taking care of the nest, looking for food and caring for the other partner while the other assumes the role of female hatching the eggs, getting in the nest and dedicating “the house”.

Some bird breeder should know the calf´s sex, even at the hatch, so they could direct their singing training in the best way early.

 The owners of macaws, parrots, cockatiels and most parrots should also make this exam before naming them. This would avoid a female named John and the owner could get closer to hormonal changes, posture, problems with prisoners eggs, descaling and other issues that have females and males do not!

There are some homemade recipes to see if the animal is male or female. Unfortunately most of them fail. The most efficient way to know this is simple. BIOLOGICAL SAMPLE, a drop of blood or DNA sample collected from the animal, it is now possible to identify the sex. This process is called SEXING and is made in the best laboratories in Brazil. We only work with the BEAnimal the clinical analysis laboratory Laboratory Photochart

Yuri Domeniconi e as araras Rui e Salvador no quadro “Se vira nos 30” do Domingão do Faustão

Fomos convidados para ir ao programa do Faustão fazer uma apresentação no quadro “Se Vira Nos 30”. Houveram algumas negociações iniciais, empolgação da equipe do Fausto que nos tratou muito bem. A única coisa que pedi foi que se houvesse realmente uma apresentação é que ela fosse didática e que exaltasse os cuidados com os animais. Pedi também que o Faustão nos desse a chance de falar um pouco sobre nosso trabalho de conscientização sobre Bem-Estar Animal em rede nacional. Lógico que tivemos que fazer algo incrível para concorrermos ao prêmio. Mas o principal objetivo era passar uma mensagem de carinho.

Fui com uma equipe linda e unida, Rui, Salvador, Maurício Oliveira (nosso braço direito), Chris Rieken (nosso braço esquerdo). Em nossos corações estava o desejo real de passarmos uma mensagem contra o tráfico de animais, a favor do carinho e respeito entre espécies. Curiosamente em nenhum momento falamos do prêmio nem mesmo como seria bom ganhá-lo. Só falávamos de como eu precisava estar concentrado para passar nossos objetivos.

Antes da apresentação tivemos a chance de conhecer pessoas curiosas e queridas. Um dançarino de Break foi o que mais me chamou a atenção, ele estava lá pela segunda vez e não chegou a se apresentar. Mas nem por isso deixou de se aquecer e treinar o tempo todo. Quando nos despedimos ele disse que tentaria outra vez. Determinação! Lições de onde não esperamos! Um mágico simpático, uma Xuxa masculina, uma banda com instrumentos liliputianos e o carro que faz maluquice! Provavelmente cada um estava lá por objetivos diferentes que casualmente poderia culminar em um prêmio. Mais uma vez, uma curiosidade, ninguém falou de prêmio o tempo todo, todos estávamos focados em mostrar algo e não em ganhar algo!

Falando em bastidores, uma surpresa agradabilíssima, encontramos o elenco da novela Passione enquanto esperávamos para entrar em cena. Gabriela Duarte, Leandra Leal e Bruno Gagliasso foram de uma simpatia incrível. O Bruno se mostrou mais fã de animais e encantou-se com Rui e Salvador. Ficamos um bom tempo conversando e tiramos algumas fotos para o G1 e making of do Fausto. Só tenho a agradecer pelo carinho que ele fez nas araras e toda a conversa e tempo despendido conosco.

Hora da apresentação, sem frio na barriga, estávamos parados nos bastidores, e eu pensava e orava com os meninos: “Que nós consigamos passar nossa mensagem, e que o prêmio vá para alguém que realmente precise, se formos nós é bem-vindo, se for outra pessoa, que faça muito bom proveito e seja muito feliz”

Pergunta: “Quantas araras existem no Brasil?” Passa pela cabeça: “de última hora? assim? sopetão? hum… sei lá! será que já descobriram alguma espécie desde o último senso que eu fiz na minha cabeça?” Biólogo é assim, pelo menos eu sou! Não tenho certeza de nada! Tudo muda em 1 segundo! Com calma eu digo que são 16 ou 17, mas estão reorganizando os grupos e famílias, então não dá pra ter certeza mesmo. Biólogo é assim… ou talvez só eu seja.

Se vira nos trinta! Começo o texto, pego o Rui pelo bico e alguém grita “VIRA ELE PRA CÂMERA” eu me desconcentro mas consigo driblar a perda de foco. 30 segundos… MENSAGEM PASSADA! Objetivo atingido, MISSÃO CUMPRIDA.

A todos que viram, gostaram e nos procuraram elogiando, MUITO OBRIGADO.

O carinho de vocês vale mais que todo dinheiro do mundo.

OBRIGADO

Voltar Para o Viveiro ou Gaiola Deve ser Uma Atividade Prazerosa!

Muitos dos comentários e perguntas que recebemos aqui na BEAnimal é sobre voltar os animais para a gaiola. A maioria dos animais não gosta de voltar para dentro dos seus viveiros.

Nesses momentos acontecem muitos casos de agressão contra quem está tentando convencê-lo voltar para dentro. Ou mesmo agressão contra o animal que acaba testando a paciência dos seus proprietários. Seja como for, esse momento tende a ser desagradável tanto para o proprietário quanto para o animal.

Mas definitivamente não precisa ser assim. Existem maneiras simples de mudança de abordagem do problema que levam à resolução do problema em pouquíssimo tempo.

Entre em CONTATO e se estiver longe de nós agende uma CONSULTORIA VIRTUAL.

Assoprar a Ave Para Corrigir Agressão?

Cuidado com as dicas dos “experts” em comportamento de aves. Hoje está virando uma febre de pessoas que dizem que trabalham com comportamento de animais silvestres.

Uma resposta agressiva do ser humano sempre gera mais agressão por parte dos animais. Fique atento! Você pode ser o causador da ruptura entre o relacionamento de vocês.

Entre em CONTATO, faça uma CONSULTORIA VIRTUAL.

  • RSS
  • Newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube