Category ArchiveFilmes

Aprendendo com a diversidade, coisas que aprendi com um Lobo guará perneta e um Leão marinho cego

Muito do que aprendi com os animais é ser mais flexível quanto à diversidade que existe entre os seres vivos. Nenhum animal sente auto-piedade e todos lidam com suas limitações da melhor maneira possível para sobreviverem. Foi aprendendo com as diferenças de um Lobo guará perneta e um leão  marinho cego que me senti mais humano.

Aprendendo com a diversidade, coisas que aprendi com um Lobo guará perneta e um Leão marinho cego

Aprendendo com a diversidade, coisas que aprendi com um Lobo guará perneta e um Leão marinho cego

A leitura de bons livros como “Longe da Árvore” (você pode comprar aqui) do senhor Andrew Solomon e ter sido um felizardo de ver as três edições do documentário Human (veja também) juntamente com minha vivência prática entre animais com necessidades especiais me leva a uma nova fase. Quero mostrar para mim mesmo que a inclusão da diversidade na minha vida só vem agregar experiências positivas.

Convido vocês participarem dessa nova experiência lendo os livros que li, vendo os documentários que me inspiram ser um pouco melhor todo dia.

Veja no vídeo um pouco das minhas histórias. 

Ang Lee E As Aventuras de Pi / Life of Pi

Ang Lee se superou dirigindo As Aventuras de Pi. Deus, animais, alma, vida, morte, reforço, punição, treino #TudoJuntoMisturado . Uma parábola com livre interpretação com direito a profundidade para os que procuram um significado em tudo ou somente um bom filme de sessão da tarde para os seres humanos que gostam de passar a vida de bobeira. Pi é um personagem que vive a maior das aventuras: Ser um náufrago junto com um tigre de Bengala. O título inglês para quem gosta de ver na língua americana é Life of Pi.

Curiosidades sobre a parte animal do filme?
Um treinador de tigres participou da escolha dos animais para serem modelo para o grande Richard Parker (o Tigre do filme). Durante as gravações não houve participação de nenhum tigre de verdade, o ator interagiu com o nada e o animal foi adicionado por computação gráfica posteriormente.

O filme obedece regras básicas de condicionamento clássico quando o garoto tenta associar o apito com o enjoo do tigre e posteriormente sua própria presença pareada com o apito para que o animal se sentisse enjoado ou um mal estar ao vê-lo. Infelizmente essa técnica não funcionou muito bem.

Também não funcionou a tentativa de usar de mecanismos inatos no animal como demarcação de território por urina…

O que funcionou no processo de treino e construção da amizade foi o reforço positivo utilizando métodos de condicionamento operante . Que constrói uma relação de confiança entre o garoto e o animal feroz.

Se isso é possível? Veja o filme e diga qual história você prefere.

As aventuras de Pi / Life of Pi

Deus, vida, morte, treino de animais, fé tudo junto e misturado / God, life death, animal training, faith, everything mixed together

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Ang Lee has excelled directing Life of Pi. God, animals, soul, life, death, reinforcement, punishment, is together and mixed. The story with free interpretation either you can have the right to go deep if you are looking for a meaning at all in life or you can just watch a good movie in a afternoon session if you are an human who like to spend a meaningless life. Pi is a character who lives the biggest of the adventures: Being shipwrecked with a Bengal tiger.

Animal Facts about the movie?
A Tiger trainner participated choosing animals to be a model for the great Richard Parker (movie´s tiger). While they were shooting there was no involvement of any real tigers, the actor interacted with nothing and the animal was added later by computer magic.

The film follows the basic rules ofclassical conditioning when the boy tries to associate the whistle with seasickness in the tiger and later his own presence paired with the whistle so the animal would feel nauseous or unwell to see him. Unfortunately this technique does not work very well.

It also didn´t work the attempt to mark territory with urine …

What really worked in the training process and builded a trusty relationship was the positive reinforcement and operant conditioning method .

If this is possible? Watch the movie and say which story you prefer.

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

CRIAÇÃO

Filme que relata a vida de Charles Darwin após as viagens e antes da publicação de “A Origem das Espécies”. Resolvi colocar o filme aqui para todos como uma dica e inaugurar o nosso link dicas de filmes que mostram animais ou temas paralelos ao nosso interesse.

Em “CRIAÇÃO”, o cientista é mostrado como um ser humano de coração imenso e grande amor pela família.

É sempre delicado fazer filmes sobre personagens históricos, o que se passava na cabeça deles e o que seus familiares sentiam. Mas por tudo que li sobre o cientista e todo o carinho que devoto a ele, não somente pela obra máxima pela qual ele é comentado até hoje; acredito que o diretor tenha sido fiel à realidade.

Impressiona-me como um homem produziu tanto em tão pouco tempo de vida e ainda era um pai de família devoto.

Fica aqui meu agradecimento a um dos maiores cientistas de todos os tempos, que é como o vejo. Por todas as obras que pude ler.

Como Treinar Seu Dragão

Ótimo filme, realmente devem ter contratado alguns treinadores para falarem sobre as reações dos animais. Fizeram vários paralelos dos comportamentos dos dragões com animais de várias espécies. As repostas de comportamentos dentre as várias espécies de animais reais variam muito, os desenhistas usaram essas diferentes respostas para ilustrar o que dragões imaginários e de espécies diferentes fariam em situações semelhantes.

Durante o filme, Soluço (protagonista) aprende a “falar a língua dos dragões” e como lidar com suas respostas naturais (como nós fazemos aqui em casa). Definitivamente um treinador nato, um tanto quanto imprudente, mas a licença poética tomou lugar nesse caso.

Minha única ressalva seria o fim (que óbviamente não mencionarei aqui por enquanto, esperarei sair de cartaz). Mas para quem puder prestar atenção, notem que: mesmo falando a língua dos dragões o instinto humano de mexer demais com a natureza fala mais alto e eles colocam tudo numa visão antropocêntrica de bem e mal!

Algumas questões para depois que virem o filme:
O que acharam do final? Mesmo que o dragãozão fosse “do mal” (dentro de uma visão humana da questão.)
Quais as consequências biológicas da ação dos personagens humanos?
O que provavelmente acontecerá nessa nova comunidade que se formou?

Que bom podermos aproveitar um desenho animado para questionar a biologia… Incrível.

Grande abraço, aproveitem o filme

Yuri Domeniconi
Biólogo Treinador de Dragões…

  • RSS
  • Newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube