Category ArchiveRépteis

Liderança e Convivência com Animais / Leadership and Animals

Toda sociedade, animal ou humana, tem como uma das bases de sua estrutura o paradigma da liderança. Tema atual entre presidentes de grandes empresas, aspirantes aos grandes cargos, sites e também nas revistas semanais.

Aparentemente esse assunto, a liderança, veio mudar a forma do ser humano ver o mundo e sua atuação sobre ele.

Imagino que a maioria das pessoas que está lendo isso em um site direcionado ao “bom convívio entre humanos e animais” deva estar se perguntando: “O que liderança tem a ver com bicho?”.

A resposta temo ser tão simples que pareça loucura. Mesmo assim vou expressar minha opinião.

Todos os animais que vivem em grupos, sociedades, bandos ou família exercitam diariamente a liderança e a submissão. Algumas espécies a liderança é dada por fatores genético-hormonais, como é o caso das formigas, abelhas e alguns roedores e primatas. Existem as espécies de animais que conquistam a liderança por comportamentos agressivos entre brigas que chegam a levar o oponente à morte, como podemos conferir entre algumas espécies de focas. Outras espécies conquistam isso com o conhecimento, atenção pelo subalterno e provendo segurança, como é o caso dos seres humanos (ou deveria ser).

Notei em minhas observações dos grandes líderes animais que existem alguns comportamentos que se repetem na maioria das que eu tive oportunidade de conviver. Os líderes são em via de regra, os maiores e os mais dotados de força física. Usam um tanto quanto de comportamentos agressivos para definir a liderança. Mas após o cargo ser conquistado eles são justos, cuidam dos seus companheiros menos dotados de força física, alguns brincam com os filhotes do bando, ensinando-os serem futuros bons líderes ou bons subalternos, exímios caçadores, provedores de segurança (seja como sentinela ou soldado).

Então eu penso como algumas vezes somos péssimos líderes para nossos animais. Quando deixamos eles fazerem o que quiserem dentro de casa por exemplo. A vida é feita de limites. Animais ou crianças que crescem sem limites desenvolvem comportamentos desagradáveis e inaceitáveis. Hudge Heidger, primeira pessoa a estudar a fundo psicologia animal dizia: “nenhum animal é livre, todos são limitados pelo meio ambiente em que vivem, pelo tempo que passa, pela comida disponível”; a liberdade utópica que pensamos e tentamos prover aos animais dentro de nossas casas acaba trazendo mais problemas do que felicidade para eles.

Deixamos a liderança de lado por alguns momentos, deixando que nossos cães se apossem de nossas camas, ou que andem nos guiando pelas ruas e quando voltamos para casa exigimos que eles nos respeitem fazendo o “xixi” no lugar certo ou não latindo para a visita, ou nos piores casos, mordendo os próprios proprietários.
Aprendamos com os grandes líderes animais! Eles nos dizem com seus atos: “Autoridade é conquistada diariamente com ações suaves, violência somente em último caso”. Usemos nossos cérebros mais desenvolvidos e adaptemos isso da seguinte forma: “Quando a autoridade é exercitada diariamente sobre nossos animais a violência é DESNECESSÁRIA.”

Como exercitar sua autoridade com seus animais e tê-los como melhores amigos para o resto da vida?

Lembre-se de que o Bem-Estar Animal tem que ser garantido desde que a ave sai do ovo e “educação vem do berço”. Treinar a ave ou adestrar qualquer animal que convive com a família humana faz parte de um processo para que haja a harmonia no Lar. Não sabe como fazer? Entre em CONTATO conosco pelo site ou REDES SOCIAIS, se achar complicado pegue o telefone e LIGUE PARA NÓS.

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Every social group, animal or human, has in its foundations the paradigm structured in leadership. Current theme among CEOs of large companies, aspiring to major offices, sites and also in weekly magazines.

Apparently this issue, leadership, came to change the way we see the world and how we are supposed to act.

I imagine that most people who are reading this on a site aimed at the “good interaction between humans and animals” should be asking: “What leadership has to do with animals?”.

I fear the answer is simpler than it seems.

Every animal living in groups, societies, flocks or family, they exercise leadership and submission daily. In some species, such as ants, bees, some rodents and som species of primates leadership is given by genetic hormonal factors, . There are other species of animals that leadership fights is an aggressive behavior and sometimes takes the opponent to death, as we can see among some species of seals. Other species conquer it with knowledge, attention and providing security for its subalterns, as is the case of humans (or should be).

In my observations, I noticed animals best leaders show some behaviors that repeat itself mostly in all of them . The leaders are usually the largest and the most powerful. Using somewhat aggressive behaviors to define leadership. But after they are in charge, they take care of weakers in group, some play with the puppies in the flock, teaching them to be good leaders or good subalterns, teach babies how to be excellent hunters, they count on their liderated fellows to provid security (either as a sentinel or soldier) in the group.

So I think sometimes we are terrible leaders for our animals. When we let them do whatever they want in the house for example. Life is made of limits. Pets or children who grow up without boundaries develop unpleasant and unacceptable behaviors. Heidger Hudge, first person to study animal psychology wrote: “no animal is free, all of them are limited by the environment they live in, by the time that passes by and the food available for them”; utopian freedom we think and try to provide to the animals inside our homes end up bringing more trouble than happiness for them. Lacking limitations is not natural.

We left the leadership aside for a moment, letting our dogs apossem our beds, or guiding us to walk on the streets and when we go back home we demand they respect “peeing” in the right place or not barking for visit , or in the worst cases, not biting the owners themselves.

May we learn from the Great animal leaders! They tell us with his deeds: “Authority is earned daily with soft actions, violence is used only as a last need.” Let’s use our more developed and THINK: “When authority is exercised daily on our animals, violence is UNNECESSARY.”

How to exercise your authority with your pets and have them as best friends for the rest of your life?

You don´t know how to do that? CONTACT us online, try to find us on SOCIAL NETWORKS and if you think everything is difficult, just grab the TELEPHONE and give us a call.

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Leadership And Animals In Our Lives

Every social group, animal or human, has in its foundations the paradigm structured in leadership. Current theme among CEOs of large companies, aspiring to major offices, sites and also in weekly magazines.

Apparently this issue, leadership, came to change the way we see the world and how we are supposed to act.

I imagine that most people who are reading this on a site aimed at the “good interaction between humans and animals” should be asking: “What leadership has to do with animals?”.

I fear the answer is simpler than it seems.

Every animal living in groups, societies, flocks or family, they exercise leadership and submission daily. In some species, such as ants, bees, some rodents and som species of primates leadership is given by genetic hormonal factors, . There are other species of animals that leadership fights is an aggressive behavior and sometimes takes the opponent to death, as we can see among some species of seals. Other species conquer it with knowledge, attention and providing security for its subalterns, as is the case of humans (or should be).

In my observations, I noticed animals best leaders show some behaviors that repeat itself mostly in all of them . The leaders are usually the largest and the most powerful. Using somewhat aggressive behaviors to define leadership. But after they are in charge, they take care of weakers in group, some play with the puppies in the flock, teaching them to be good leaders or good subalterns, teach babies how to be excellent hunters, they count on their liderated fellows to provid security (either as a sentinel or soldier) in the group.

So I think sometimes we are terrible leaders for our animals. When we let them do whatever they want in the house for example. Life is made of limits. Pets or children who grow up without boundaries develop unpleasant and unacceptable behaviors. Heidger Hudge, first person to study animal psychology wrote: “no animal is free, all of them are limited by the environment they live in, by the time that passes by and the food available for them”; utopian freedom we think and try to provide to the animals inside our homes end up bringing more trouble than happiness for them. Lacking limitations is not natural.

We left the leadership aside for a moment, letting our dogs apossem our beds, or guiding us to walk on the streets and when we go back home we demand they respect “peeing” in the right place or not barking for visit , or in the worst cases, not biting the owners themselves.

May we learn from the Great animal leaders! They tell us with his deeds: “Authority is earned daily with soft actions, violence is used only as a last need.” Let’s use our more developed and THINK: “When authority is exercised daily on our animals, violence is UNNECESSARY.”

How to exercise your authority with your pets and have them as best friends for the rest of your life?

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Você Grita Para ser Ouvido? / Do You Scream To Be Heard?

Seu animal ouve muito melhor que você. Gritar para ser ouvido não é eficiente. Gritaria e barulheira na natureza, a maioria das vezes, significa agressão. Um olhar ou um gesto comunica muito mais para o seu animal e não abala as estruturas do relacionamento de amizade que você pode ter.

O Bem-estar animal deve ser nossa primeira preocupação quando temos um bichinho de estimação sob nossos cuidados. Deixá-los com medo para conseguirmos o que queremos dele não é um meio saudável para nem um dos dois lados.

Preze pela amizade entre a família humana e seu companheiro animal. Fale baixo e seja eficiente na comunicação.

Dúvidas como ter um animal mais tranquilo dentro de casa? Entre em CONTATO POR TELEFONE ou ACHE-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS ONLINE

Está com preguiça ou tem dificuldade em ler? VEJA NOSSO VÍDEO COM ESSAS INFORMAÇÕES.

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Your animal can hear much better than you or me. Scream to be heard is not an effective way to be understood. Noisy events in nature, most of the times, mean agression displays. Looks and gestures mean much more to your animals than shouting at them and keep your good relations.

The animal welfare must be our first concernment when keeping a pet. Making it affraid of us to get what we want is not healty neither for the human family nor to the animal. Speak low and be effective in your message.

If you don´t know how to do that CONTACT US ONLINE, Book a class and let us show you how we do it here.

ENGLISH VIDEO FOR ENGLISH FRIENDS

O treino ou adestramento de animais deve sempre ser supervisionado por um profissional da área. Lembrem-se de que todo processo deve ser feito com reforço positivo! Treinar sua ave é fácil, nós podemos te ensinar. Entre em contato conosco, agende uma aula.

Bem-Estar Animal

www.beanimal.com.br

www.beanimal.com.br

Assunto que a cada dia é temática de mais discussões. O Bem-Estar Animal é definitivamente necessário para os animais e o conceito é necessário para pessoas que gostam de animais.

A palestra pode ser adaptada para qualquer outro sub-tema desejado:

– Bem-Estar de Animais Silvestres
– Bem-Estar de Animais de Produção e Corte
– Bem-Estar de Animais Domésticos

Ou simplesmente ser abordado o Bem-Estar Animal de uma maneira geral para todos os animais. Abordamos também temas polêmicos como vegetarianismo, qualidade de vida de animais silvestres que também são animais de estimação, zoológicos e bem-estar dos animais cativos, entre outros.

Direito a ser feliz

Direito a ser feliz

entre em CONTATO conosco

  • RSS
  • Newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube