4 Lições de Comunicação que Aprendi com Animais/ 4 Lessons About Communication I´ve learned from the Animals

4 Lições de Comunicação que Aprendi com Animais/ 4 Lessons About Communication I´ve learned from the Animals

Postado em 09. abr, 2016 por em Pensamentos, Variedades

Em todos esses anos escrevendo aqui neste blog modesto nunca falei muito sobre as coisas que gosto ou não gosto. Realmente acreditei que tudo isso que fiz era tudo uma questão de espalhar idéias de um bom relacionamento entre seres humanos e animais. Eu nunca pensei neste blog sendo um lugar para falar sobre as coisas que me incomodam ou me agradam.

Então eu senti no fundo da minha alma eu deveria mudar o foco perseguido ao longo de toda a minha vida. A comunicação com os animais agora bastante fácil de conseguir ser executada por mim, então eu decidi ter uma comunicação melhor com os seres humanos.

Um pensamento infantil passou pela minha cabeça: “Eu posso entender os animais e as suas vontades, eu posso falar e escrever muito bem Inglês e Português, posso estabelecer uma boa conversa em três outras línguas de raízes diferentes, me conectar com as pessoas será ‘melzinho na chupeta’.”

E por agora, na minha viagem através das interações com os seres humanos, vejo o quão difícil é ter uma boa comunicação e como as palavras podem afetar o meu estado emocional. Quando estou “falando” com os animais as coisas são o que são! Sem meias palavras, sem dito pelo não dito. Então eu nunca me machuco emocionalmente ou causo dor aos sentimentos do sujeito que estou me conectando. Por outro lado a maioria das pessoas gosta de usar caminhos para estabelecer uma comunicação que levam a mal-entendidos e corações partidos.

4 Lições de Comunicação que Aprendi com Animais/ 4 Lessons About Communication I´ve learned from the Animals

4 Lições de Comunicação que Aprendi com Animais/ 4 Lessons About Communication I´ve learned from the Animals

Aqui estão 4 lições sobre comunicação que eu aprendi com a minha vida junto com os animais e eu acho que vale a pena espalhar essa ideia:

1. Ao me comunicar com um animal que eu devo exercer completa honestidade.

Significa que devo dar e receber o que é esperado em uma situação. Se eu não oferecer o que eu prometi ao animal ele não vai acreditar em mim tão facilmente novamente. Um petisco em troca de um comportamento, um carinho em troca de companheirismo, um olhar de compreensão em um momento difícil, um olhar de alegria comemorando vitórias…

Os seres humanos parecem ignorar isso. Algumas pessoas querem pegar tudo o que podem de nós e nunca oferecer algo em troca, nem mesmo um “Muito obrigado”. Eu vejo isso como uma coisa muito triste quebrando conexões que poderiam ser muito bonitas. Promessas não cumpridas, palavras que não valem nada, comportamentos que não correspondem ao discurso, isso tudo me assusta muito.

2. Ironia e sarcasmo são veneno

Viver com os animais a maior parte da minha vida me fez nunca ter que lidar com este tipo de figuras de linguagem. Agora, entre os humanos, vejo pessoas sendo sarcásticas e irônicas para falar assuntos sérios. Quando alguém tenta se comunicar dessa forma comigo, tudo o que posso fazer é parar a conversa e dizer: “Por que você está sendo sarcástico? Este comentário irônico está agregando algo importante?”. A maioria das pessoas ficam assustadas quando confrontadas com este pensamento claro que sai da minha boca. Eu não estou tentando ser melhor do que ninguém, estou apenas tentando manter a paz. Acredito profundamente que palavras amargas e mal-entendidos fazem um estrago em nossas almas.

3. Piadas são piadas SOMENTE se dois estão jogando o mesmo jogo

Piadas provocativas são intoxicações à minha alma tanto como ironia e sarcasmo. Eu vivi profissionalmente famílias interagindo com seus animais e crianças por 15 anos. Em algumas casas eu realmente parecia estar em campos de guerra. Adultos fazendo bullying em seus próprios filhos e animais nem mesmo percebendo que era prejudicial para as relações vividas sob o mesmo teto. Eu comparo piadas feitas por uma pessoa sobre outra como assédio moral, bullying ou qualquer coisa que possa ferir a vítima tão profundamente quanto um machucado de guerra.

4. Significados implícitos estão lá para frustrar a pessoa que os usa.

Quando estabelecendo uma comunicação efetiva com um animal preciso passar a mensagem para ele da maneira mais clara possível afim de fazê-lo perceber o que está para acontecer. Se você pedir ao animal para executar o comportamento “sentar” usando o sinal combinado para ele “latir” você vai ver o animal latindo, não sentando. Estes sinais e comportamentos foram treinados e acordados entre vocês, mudar as regras sem aviso causa confusão. Idiomas escritos e falados são um acordo entre as pessoas, se você disser algo querendo dizer outra coisa, a falha neste processo de comunicação é o sua culpa, não o sujeito que recebe a mensagem.

Gostaria de convidar todo mundo que lê esse meu diário ser mais claro quando for se comunicar. A natureza é clara, somos parte dela, quando agimos de forma anti-natural só conseguimos contribuir para a instalação de um caos maior.

English version for English Speakers

In all these years writing here at this very blog I never talked too much about things I like or dislike. I truly believed this was all a matter of spreading ideas of good relationship between humans and animals. I never thought this blog being a place for me to talk about things bothering or delighting me up.

Then I felt deep in my soul I should change the focus chased throughout my whole life. Communication with animals was now quite easy to achieve so I decided to have a better communication with human beings.

A childish thought crossed my mind: “I can understand animals and their wills, I can speak and write quite good english and portuguese, I can establish good conversation in three other languages, connecting with people will be a piece of cake”.

Now in my journey through humans interactions I see how difficult is to have a good communication and how words can affect my emotional state. While “talking” with animals things are what they are, so I am never hurt or hurting someone´s feelings. On the other hand most of the people like to use paths to communicate which lead to misunderstanding and broken hearts.

Here are 5 lessons about communication I have learned from animals and I think it is worth spreading away.

1. When communicating with an animal I am supposed to exercise complete honesty.

It means I must give and receive what´s expected in a situation. If I don´t offer what I promised in a given situation then the animal won’t believe me so easily again. Human beings seem to ignore this. Some people want to take whatever they want and never give you something back. I see this like a sad sad thing breaking beautiful connections.

2. Irony and sarcasm are poison

Living with animals the biggest part of my life made me never have to deal with these kind of language figures. Now, among humans, I see people being sarcastic and ironic to talk about serious issues. When someone tries to do it with me, all I can do is stop the conversation and say: “Why are you being sarcastic? Is this ironic comment adding something important in this moment?”. Most of the people are scared when faced with this clear thought coming out of my mouth. I am not trying to be better than anyone, I am just trying to keep peace as I believe bitter words and misunderstandings make a damadge in our souls.

3. Jokes are jokes ONLY if two are playing the same game

Provocative jokes are as poisoning to my soul as irony and sarcasm. I have seen families interacting with their animals and children for 15 years. Some houses I was in were real war fields. Adults bullying their own children and animals and not even realizing it was deffective for the relations shared under the same roof. I compare jokes between two played just by one side to mental abuse, bullying or anything that will hurt the victim as bad as one can be hurt inside.

4. Implicit meanings are there to frustrate the one who uses it.

When stablishing a moment of efective communication with an animal you are supposed to be as clear as possible to make yourself understood. If you ask the animal to perform the behavior “sit” using the “bark” signal you will get the dog barking. These signals were trained and agreed between you both before, changing rules causes confusion. Writen and spoken languages are an agreement among people, if you say something wanting another thing to happen, the failure in this communication process is your falt, not the subject receiving the message.

I´d like to invite you all readers of this diary of mine to be more clear when trying to communicate messages. Nature is christal clear, acting against this just creates chaos.

Blog Widget by LinkWithin
Be Sociable, Share!

1 Comentário

Alessandra

09. abr, 2016

Como sempre brilhante em todas suas postagem..
Yuri os animais tem inocência e no ser humano quer ter vantagem em tudo….. Abraços e fique com Deus….

Deixe um Comentário

  • RSS
  • Newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube