O amor é livre, o contrário disso é Abuso / Love is free, the opposite of it is called Abusive relationship

O amor é livre, o contrário disso é Abuso / Love is free, the opposite of it is called Abusive relationship

Postado em 10. fev, 2016 por em Pensamentos

A maioria de nós nasce sozinho (não estou falando de gêmeos e variações), Somos uma iluminação na vida das nossas famílias. Mas para cada pessoa que nasce sozinho (ou não) existe um fato e agora eu estou falando sobre gêmeos també; que é: “Nós vamos morrer sozinhos”.

Às vezes encontramos algumas pessoas em nosso caminho, eu gosto de chamá-los de “anjos”. Eles não têm as asas, eles não têm a aréola, mas se você prestar atenção, eles aparecem para mudar alguma coisa ou sentido na nossa vida.

Certas fases da vida lamentei ser filho único. Cada amigo tinha um irmão ou uma irmã para brincar, eu não. Outras fases achei que foi abençoado por não ter irmãos, por exemplo: eu nunca teria alguém para brigar por meus brinquedos.

Em seguida, esses pensamentos tornaram-se profundos e achei que precisava de alguém para compartilhar minhas experiências. Até o momento eu não sabia, mas os seres humanos são muito sociáveis e precisamos compartilhar. Para a minha própria sorte, desta vez por coincidência, aconteceu durante minha adolescência quando, pela primeira vez, eu me apaixonei pela menina japonesa mais inteligente e bonita na minha classe. Infelizmente, eu não tive tanta sorte e passei pela minha primeira história de amor triste. De qualquer forma, passamos sobre isso e hoje ainda somos melhores amigos. Ela foi meu primeiro anjo me mandando sua mensagen: “não se preocupe, se não é o amor passional pode ser um amor muito diferente e muito mais precioso chamado amizade”.

O tempo passa, dezenas de relacionamentos aconteceram e eu estava sempre ligado à ideia de gastar todo o tempo que pudesse ter com alguém. Acordar, limpar àquela ramela do olho, trazer um grande sorriso matinal com uma uma farta mesa de café para a cama… e eu trabalhei duro para que isso acontecesse, mas eu não podia sentir o feedback acontecendo em quase nenhuma relação.

O amor é livre, o contrário disso é Abuso / Love is free, the opposite of it is called Abusive relationship

O amor é livre, o contrário disso é Abuso / Love is free, the opposite of it is called Abusive relationship

Dezenas de namoros afundando como Titanic, com a mesma velocidade! Por quê? Eu estava esperando dos outros minhas próprios atitudes. Isso nunca iria funcionar, cada um tem uma forma de lidar com um relacionamento.

E, em seguida, um desses anjos que aparecem frequentemente na minha vida disse: “. Yuri, as pessoas precisam de espaço, precisamos de tempo para o outro ser o que se é. Estarmos juntos é incrível, mas ter o nosso próprio tempo pode ser tão importante quanto estar juntos.

Minha primeira reação foi como ter soco! No meu estômago e minhas entranhas me diziam: “Eu não sou como uma presença agradável como eu faço todos os meus esforços para ser”.

E então racionalmente meu cérebro sobrepôs todas as emoções que vinham das minhas entranhas e imaginei que poderia levar vantagens desta proposta. Essa quebra de paradigmas poderia mudar toda a minha vida! Desde que momento em que eu poderia fazer qualquer coisa que eu queria com sem arrependimentos.

Então um mundo totalmente novo se abriu para mim, eu queria compartilhar essa ideia com vocês que são presos a de alguma forma aos relacionamentos abusivo!!!! Lembre-se, às vezes nós mesmos criamos as amarras e essas são às mais difíceis de quebrar.

A primeira coisa a fazer é continuar fazendo as coisas surpreendentes para aqueles que você ama, de banho nele / nela, faça um café da manhã incrível e leve para a cama, sorrira de coração e seja o melhor companheiro quando estiverem entre amigos. Fazer pequenas coisas que podem mostrar toda a ternura que existe entre vocês.

Mas, por outro lado, faça o que você quer fazer! Vá para as praias, conheça novas pessoas enquanto você está sozinho, beba aquele melhor vinho que você estava economizando para ambos tomarem juntos (estou certo de que não era a última garrafa na terra, beber outra com o seu amor, se ele / ela quiser alguma não vai ser problema) . Vá para os clubes, dance com estranhos, e quando qualquer tipo de pesar bater-lhe na cuca e te fizer pensar que está traindo ou fazendo algo errado, joga esse pensamento para lá e repita para si mesmo: “Eu estou apenas fazendo o que me pediram para fazer: Estou vivendo minha vida! ESTOU VIVENDO!!!

E aqui está o grande segredo: @ seu parceir@ está fazendo exatamente a mesma coisa, só não está contando para você. E Meus queridos leitores, se ele / ela não está nessa mesma VIBE de viver intensamente até que um dia a morte o separe dessa vida (e não só de você), é o seu papel ensinar el@ fazer.

Ninguém é dono ninguém, estamos juntos porque amamos uns aos outros e quando esse amor toma muito do nosso tempo e exige muito de nós a ponto de não darmos atenção ao que gostamos de fazer individualmente… Isso já não é mais chamado de amor. Isso é chamado de relacionamento abusivo e é hora de colocar um grande F I M sobre ele, enterrar e rezar missas de sétimo dia, porque não vale sofrer mais de 7 dias por amores de merda.

ENGLISH VERSION FOR ENGLISH SPEAKERS

Most of us are born alone (not talking about twins and variations), it´s a y enlightenment in our family´s lives. But for each person who is born alone or not there is a fact (now I am talking about twins too), which is; We´ll die alone. Sometimes we find some people on our way, I like to call them “angels”. They don´t have the wings, they don’t have the areola but if you pay close attention, they appear for a meaning.

Certain phases in life I regret being an only child. Every little friend had a brother or a sister to play. Other phases I thought I was blessed as I would never have someone to fight for my toys. Then these thoughts became small and I thought I needed someone to share my experiences. By the time I didn´t know, but human beings are very gregarious and we need to share. For my very own lucky this time coincidentally happened with my teenagehood when, for the first time, I could fall for the most intelligent and beautifull japanese girl in my class.

Unfortunately, I was not so lucky when I had my first sad love history. Anyway, we got over it and became best friends untill today. She was my first angel messaging me: “don´t worry, if it is not passional love it can be a very different and much more precious love called friendship”.

Time passes by, dozens of relationtips happend and I was always attached to the idea of spending all the time I had with someone. Waking up, cleaning eye rheum, bringing with a big smile a huge coffe table to the bed and I worked hard for that to happen, but I couldn´t feel the feedback happening. Dozens of relationships sinking as Titanic at the same speed. Why? I was expecting from others my own actitudes. It would never work.

And then one of these angels who often appear in my life said: “Yuri, we need space, we need time for each other. Being together is awesome, but having our own time can be as awsome! My first reaction was like having punch in my stomach, “I am not as a pleasant presence as I make all my efforts to be”. And then rationally I thought I could took advantages of that this proposal changed my life, from that momment on I could do wathever I wanted with my life with no regrets.

It is a whole new world oppening for me I wanted to share with you who is arrested to somekind of abusive relationship (even if I´ve created it to myself)!!!!

First thing to do is keep doing amazing things for the ones you love, bath him/her, take the amazing breakfest to the bed, smile and be the best companion when among friends, do small things which can show all the tenderness you fell for each other.

O amor é livre, o contrário disso é Abuso / Love is free, the opposite of it is called Abusive relationship

O amor é livre, o contrário disso é Abuso / Love is free, the opposite of it is called Abusive relationship

But, on the other hand, do whatever you wanna do! Go to the beachs, get to know new people while you are alone, drink that best wine you were saving for both (I am sure that wasn´t the last bottle on earth, drink another with your love if he/se wants some). Go to the clubs, dance with strangers, and when anykind of regret beats you on the face think: “I am just doing what I was asked for! Living my life.

And here is the big secret, your partner is doing exactly the same, and if he/se is not, you shoud theach him to do. No one owns anyone, we are together because we love each other and when this love takes too much from us, it is not called love anymore, it is called abusive relationship and it is time to put a big E N D on it.

Blog Widget by LinkWithin
Be Sociable, Share!

Tags: , , ,

Deixe um Comentário

  • RSS
  • Newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Flickr
  • YouTube